Notícias

  A Diocese de São João del-Rei, preocupada com a epidemia do H1N1, lançou nessa sexta-feira, 22, uma circular pedindo aos presbíteros cuidados especiais durante as celebrações de missa para evitar o contágio do vírus. Entre as recomendações estão mudanças nos modos de saudações como: evitar dar as mãos ao rezar, o fim do abraço da paz e a recomendação da comunhão nas mãos dos fiéis. Neste ano, com o aumento dos casos de H1N1, a ideia é alertar os fiéis sobre o risco da doença e como evitá-la. Outro pedido que consta no documento é para que haja ventilação durante as missas. Fora das celebrações, há também uma orientação para que haja “particular atenção” dos fiéis em suas casas e lugares de trabalho. Veja a Circular   Por Lucas Silveira.  
O movimento de Emaús atua há mais de 40 anos na diocese de São João del-Rei. Trabalha na formação de jovens para que, após passar pela casa de Emaús, possam voltar as suas comunidades paroquiais e atuarem no serviço pastoral e comunitário, colaborando na construção da Igreja de Cristo. Nos dias 14 a 17 de abril, o Secretariado Diocesano de Emaús promoveu mais um curso masculino. Nestes dias de encontro, 32 jovens das cidades de São João del-Rei, Santa Cruz de Minas, Prados, Lagoa Dourada, Resende Costa, Dores de Campos e Barroso se reuniram na casa de pastoral São Tiago e participaram do 122º Emaús Masculino.  O curso tem duas vertentes, trabalhar os valores cristão e humanos da atual juventude, atendendo um pedido da Igreja desde a década de 1960, inserir a juventude no seio da Igreja. E desde a sua criação o Instituto das Comunidades Missionárias de Emaús realizam esses serviços nas dioceses que estão inseridos. Junto dos jovens esteve o sacerdote salesiano Pe. Ádano Pinheiro, que pode orientar e os ajudar nessa caminhada de busca de um conhecimento maior da Igreja e do Cristo Ressuscitado. Para Michael Chiericatto, de Barroso, o curso teve muita importância, pois ampliou o seu conhecimento sobre si e sobre Cristo. “Serviu para mim como um reencontro com a minha fé, um reencontro com Jesus Cristo Ressuscitado e com Deus. ” E completou: “assim como os discípulos de EMAÚS meus olhos estavam fechados para Cristo, deixando com que os problemas da vida me cegassem e não deixando ver que ele é a solução para qualquer problema. ” Para Victor Rocha, o Emaús foi uma experiência de vida incrível que o fez reconhecer o amor e a compaixão de Deus por todos nós, “A chama que o Espírito Santo ascendeu em meu coração me fez amadurecer e crescer na fé, tendo como propósito continuar seguindo os passos do nosso Senhor. Hoje, me tornei um discípulo de Emaús e quero seguir o rumo certo para minha vida”, afirmou Rocha. O encerramento aconteceu na Igreja de Santo Antônio na comunidade do Rio das Mortes, onde toda a comunidade de Emaús esteve presente para acolher os novos membros. O diretor espiritual do movimento, Pe. Vinícius Campos, no fim da celebração agradeceu a todas as pessoas que colaboraram para o bom êxito desse curso, com suas orações, trabalho, serviço e doações. No final, a comunidade ofereceu um café aos presentes. Ainda neste ano acontecem dois cursos femininos e um masculino. Fiquem atento as datas: 02 a 05 de Junho, 27 a 30 de Outubro e 01 a 04 de Setembro, respectivamente. Para mais informações é só entrar no site do movimento www.emaus.org.br/sao-joaodelrei/. 
  “Somos jovens, somos muitos, somos Igreja, somos um, sem medo de ser feliz”. Essa fala do Pe. José Antônio da diocese de Jales resumiu todo o evento que reuniu a juventude em Aparecida. A juventude católica do país se encontrou em um lugar muito especial, a Casa da Mãe Aparecida. Nos dias 09 e 10 de abril, no Santuário Nacional de Aparecida, milhares de jovens participaram da Romaria Nacional da Juventude.   Com uma programação diversa e extensa, os jovens puderam se conhecer e também aprender um pouco mais do trabalho evangelizador da juventude. Diversos movimentos, pastorais e segmentos foram representados por seus membros e levaram a experiência das suas atividades.   Cinco tendas foram montadas e durante todo o sábado, aconteceram várias atrações como palestras, rodas de bate papo e animação. Em uma delas, alguns membros do Movimento de Emaús participaram do bate papo com Dom VilsomBasso, bispo da diocese de Caxias de Maranhão.   Nesse encontro, Dom Vilsom falou sobre importância da Igreja ser jovem e usou uma fala que marcou esse bate papo: “Devemos ser jovens no coração dos bispos e bispos nos corações dos jovens, para sermos uma igreja jovem. ”   Durante a noite grandes e novos nomes da música católica se apresentaram na tribuna Bento XVI e animaram a juventude. Artistas como Pe. Zezinho, Olívia Ferreira, Dunga, Celione David, JakeTrevisan, Thiago Tomé entre outros cantaram sucessos para marcar esse momento.   Depois do show, aconteceu uma procissão luminosa com a imagem da Senhora Conceição Aparecida em torno da basílica. Para fechar a madrugada, os jovens recitaram o terço, a cada mistério houve uma encenação e uma reflexão feita por bispos e uma adoração ao Santíssimo Sacramento fechou a madrugada. No domingo (10), as atividades começaram logo cedo com uma romaria junto com os bispos e às 11h30 aconteceu a missa de encerramento da 54ª Assembleia Nacional dos Bispos com a participação dos jovens. Após o encerramento da celebração, os representantes de vários movimentos e pastorais da diocese de São João del-Rei se reuniram junto com o bispo Dom Célio de Oliveira Goulart e registraram esse momento.   Willian Carvalho Equipe de Comunicação    
  No último domingo (03), a paróquia de São José Operário, recebeu na Igreja Matriz de São José, membros do Movimento de Emaús da Diocese de São João del-Rei. Os caminheiros de Emaús se reuniram nesse Segundo Domingo da Páscoa, junto dos paroquianos do Tijuco e do padre Vinícius Idefonso Campos, que também trabalha como diretor espiritual do movimento, para celebrar a Páscoa em comunidade. A celebração que contou também com a animação dos cantores do movimento. Na homilia, o padre Vinícius chamou a atenção dos cristãos. “Todo aquele que tem o encontro com o Ressuscitado e isso acontece em cada celebração da missa, através do Sacrifício Eucarístico, não deve ser desanimado e cabisbaixo, tem que ser alegre e estar de prontidão para levar essa experiência ao próximo”, afirmou. Cerca de 100 pessoas representaram o movimento, das diversas cidades onde o Emaús está ativo: São João del-Rei, Rio das Mortes, Barroso, Lagoa Dourada, Prados, Dores de Campos e Coronel Xavier Chaves. Sobre o movimento O Emaús é um movimento de Comunidades Missionárias para jovens, aprovado pelos Bispos em cujas Dioceses se encontra instalado, sua finalidade é propiciar cursos para jovens, onde eles possam fazer uma profunda reflexão sobre o valor da vida, da Igreja e uma vivência em comunidade à luz da  Palavra de Deus. O movimento realiza cursos de evangelização para jons homens e mulheres durante o ano.  O objetivo do Curso de Emaúsé formar e desenvolver lı́deres comunitários, que posteriormente atuarão em suas paróquias de origem. O Emaús não tira o jovem da sua paróquia. Sua missão, enquanto instrumento da Igreja a serviço da evangelização da juventude, é dar ao jovem cursista uma sólida formação cristã, para que ele possa voltar à sua paróquia e dinamizar a vida paroquial. Para mais informações é só acessar o site do Secretariado Diocesano de Emaús, em São João del-Rei:http://www.emaus.org.br/sao-joaodelrei/     Willian Carvalho Equipe de Comunicação
  No próximo dia 19 de Abril, terça-feira, será inaugurada a Casa de Recuperação Padre Pedro Teixeira Pereira, um projeto da Diocese de São João del-Rei, através da Cáritas Diocesana (organismo social da Igreja).   Localizada as margens da Br 494, Rodovia que liga São João del-Rei a Ritápolis (próximo à entrada do Pombal),  a Casa terá capacidade de receber, simultaneamente, 12 pessoas – homens, maiores de 18 anos. O coordenador será o terapeuta Ronaldo Lara Tanus, o qual possui experiência na área de dependência química e será auxiliado por uma equipe de profissionais de várias áreas, contratados através de diversas parcerias criadas. “É notável a dificuldade das pessoas em relação à dependência química e a necessidade de um tratamento. Este projeto será mais uma oportunidade, uma possibilidade, para ajudar essas pessoas que sofrem com essa doença”, destaca Fábio da Silva, Presidente da Cáritas Diocesana.   O projeto surgiu em 2013, com a vinda do Papa Francisco ao Brasil – por ocasião da Jornada Mundial da Juventude – onde motivou o cuidado com pessoas que sofrem com a dependência química. Com o incentivo e apoio do Bispo Diocesano, Dom Célio de Oliveira Goulart, que já atuou em um trabalho similar na Diocese de Leopoldina, o projeto sai do papel e cria mais uma oportunidade para aquele que busca a recuperação. “Todos os dias, pessoas batem à porta de nossas secretarias (paroquiais), levando problemas concretos de pessoas com dependência química e nós, às vezes, não temos o que fazer, onde encaminhá-los. Acho que é uma resposta da Igreja a essa demanda que, infelizmente, é crescente em nossa sociedade”, explicou padre Dirceu Medeiros, vigário geral da Diocese e assessor da Cáritas Diocesana.   A Casa será mantida com recursos da Cáritas Diocesana juntamente com órgãos apoiadores. A partir do dia 04, segunda-feira, os interessados já poderão encaminhar suas solicitações.   Mais um trabalho na Diocese   Vale lembrar que este não será o único trabalho com dependentes químicos no território diocesano. Em Lavras, os padres do Sagrado Coração de Jesus (dehonianos), já atuam nesta área, através da Fazenda do Senhor Jesus, conhecida como Fazendinha do Padre Israel, mostrando que a Igreja já tem trabalhado com este problema que afeta tantas famílias.   Contatos para informações: 3371-4746 – Cúria Diocesana   99917-8688 – Fábio da Silva (Presidente da Cáritas Diocesana)     Extraído na íntegra do site: www.diocesedesaojoaodelrei.com.br   Reportagem: Lucas Silveira  
  Com o tema “Cantarei eternamente as Misericórdias do Senhor”, o Ministério de Música Filhos do Céu promove, no próximo dia 10, domingo, no Teatro Municipal de São João del-Rei, a quarta noite de música católica da região. Com 18 atrações, o repertório sobre as misericórdias de Deus, o show promete emocionar o público, com canções, mensagens de fé, reflexões e encontro com o Senhor.   O evento, que terá início às 20 horas contará com músicas como “Ao partir o pão”; “Oceano de Misericórdia”, “Barco a Vela”, dentre outras. Todas, remetendo ao tema escolhido. Como novidade, o grupo contará com uma participação especial em suas atrações.   Os interessados, podem adquirir o ingresso (gratuitamente) nas secretarias paroquiais de São João del-Rei. A entrada, é um quilo de alimento não perecível.   extraído na íntegra do site: www.diocesedesaojoaodelrei   Reportagem e Fotos Lucas Silveira  

Últimas Notícias

"a serviço da vida e da esperança"