Imprimir esta página
Sexta, 12 Abril 2013 14:11

A Fé e a Caridade

Escrito por 

No dia 11 de Fevereiro, dois dias antes de a Igreja entrar no tempo Quaresmal, o mundo foi surpreendido com uma das notícias mais dolorosas para os membros da Igreja Católica: o até então Papa Bento XVI anunciava naquele dia sua renúncia ao pontificado, alegando não ter mais a força necessária para continuar liderando o Vaticano.

Porém, mesmo diante de um momento de instabilidade e insegurança por parte dos membros da Igreja, Bento XVI nos convidou a refletir sobre um assunto que certamente o deu segurança para renunciar o poder do Vaticano: a fé.

Em Outubro de 2012, Bento lançou o "Ano da Fé" e nesse tempo de Quaresma nos convida a refletir sobre o assunto através dos seguintes primas: a fé como resposta ao amor de Deus, a caridade como vida na fé, o entrelaçamento indissolúvel de fé e caridade e prioridade da fé, primazia da caridade.

É perceptível que a palavra "caridade" tem destaque nesse período de reflexão.

Ser caridoso é uma das maiores virtudes do ser humano, pois só quem assim é consegue amar a Deus sobre todas as coisas e amar o próximo como a si mesmo. E é através desse amor que conseguimos manter nosso laço de amizade com Cristo. Por isso, a fé e a caridade jamais podem ser separadas.

Sejamos caridosos, não só na Quaresma, mas em todos os dias da nossa vida, para que possamos manter a chama do nosso amor por Deus acesa em nossos corações. Que tenhamos sempre desprendimento para dividir o pão, mas sem esquecer que "nem só de pão o homem viverá" e, por isso, devemos dividir, principalmente com os que mais precisarem, a palavra de Deus, lembrando sempre que "a palavra convence, mas o testemunho arrasta multidões".

Laila Palazzo

Ler 593 vezes Última modificação em Sexta, 12 Abril 2013 14:24